Grande perda de peso

IMG_0659Cirurgia plástica pós grande perda de peso – pós bariátrica

A taxa de obesidade vem aumentando ao longo dos anos, em torno de 51 % da população brasileira esta acima do peso. E assim a cirurgia bariátrica vem ganhando cada vez mais adeptos.

As sequelas das grandes perdas de peso são o excesso de pele e a flacidez, pois quando se emagrece ocorre a redução da gordura, mas a pele não diminui, levando a grandes sobras de pele. A cirurgia plástica entra para remover estes excessos.

As condições para realizar as cirurgias reparadoras pós perda ponderal:

IMC abaixo de 30 – o primeiro passo para o paciente pós obesidade ser candidato a plástica reparadora, é ter atingido um peso saudável.

  • peso estável há no mínimo 3 meses, a ansiedade para retirada das sobras de pele pós a perda de peso é enorme, mas o paciente deve perder todo o peso desejado para depois se programar para a plástica, pois se ele for operado e após continuar perdendo peso, vai novamente apresentar flacidez.

As cirurgias mais comuns são:

  • abdominoplastia convencional;
  • abdominoplastia em ancora;
  • abdominoplastia circunferencial;
  • dorsoplastia;
  • plástica de coxas;IMG_0647
  • plástica de braços;
  • mamoplastia; e
  • excessos.

Esses pacientes devem ser tratados especialmente, pois podem apresentar anemia crônica, deficiência de proteínas, e deficiência de nutrientes em geral.

As cicatrizes são proporcionais a sobra de pele, e assim podem ser semelhantes a uma cirurgia estética equivalente, ou ser mais extensa.

Os pacientes pós bariátrica apresentam deficiência nutricionais, devendo ter mais cuidado e repouso pois a cicatrização é mais delicada.

As cicatrizes são extensas e irão precisar de tratamentos, no pós-operatório.

Orientações cirurgia plástica pós bariátrica

Parabéns por ter vencido a luta!!! Agora é hora da preparação para a cirurgia reparadora pós grande perda de peso.

 Antes da cirurgia:

  • comprar a cinta e meia elástica;
  • organizar o local onde irá ficar no pós operatório e quem irá ajudar nas tarefas;
  • depilar ou raspar pelos da área a ser operada na véspera;
  • limpar umbigo com cotonete;
  • jejum de 12 horas, não tomar bebidas alcoólicas na véspera;

Pós operatório:

  • alta ocorre no dia seguinte da cirurgia;
  • Curativos: manter os curativos por três dias. Após, deve-se retirar o curativo antes do banho diariamente, lavar normalmente evitando água muito quente, e lavar a cicatriz cuidadosamente. Cobrir a cicatriz com uma gaze e colocar a cinta ou sutiã novamente;
  • repouso mínimo de 30 dias. A falta de repouso adequado pode levar à ruptura de pontos, necrose da pele e infecção. Desta forma, é altamente recomendável que se siga todas orientações para que a realização do procedimento não se torne um grande problema;
  • Sol após 90 dias;
  • Soutien e/ou cintas: manter durante 24 horas por dia, por 45 dias. Após este tempo, podem ser retirados por curtos períodos. Após 45 dias deve-se usar apenas para atividades físicas e para dormir. Após 60 dias, liberada do uso do sutiã;
  • Piscina e praia após 90 dias;
  • Alimentação: manter a alimentação habitual, moderar a quantidade de sal da alimentação e ingestão de embutidos. Tomar no mínimo 2 litros de água por dia. Dê preferência para frutas, principalmente suco de laranja e outras frutas ricas em vitamina C, e verduras, que serão importantes para sua cicatrização. Evitar comidas apimentadas e frituras.

Cuidados com o dreno: Não se pode em hipótese alguma puxar ou sair do lugar o dreno, com risco de sérias complicações. Não é permitido lavar o recipiente por dentro.

1 – feche a presilha A;2 – abra a tampa B;3 – esvazie o conteúdo em um recipiente com medida; anote a medida; e após jogue na privada;4 – aperte bem o coletor C e feche a tampa B;5 – Abra a presilha A.

 Plástica de mama

  • Repouso: manter braços ao longo do corpo sem elevar por 20 dias , após este período pode-se elevar os cotovelos até a altura dos ombros. Após 30 dias são liberados movimentos amplos. Carregar peso e erguer objetos é permitido após 45 dias. Exercícios com pernas como caminhadas são liberados após 20 dias. Musculação, natação e exercícios de contato após 90 dias. Dirigir liberada com 20 dias.
  • Posição para dormir: dormir durante 30 dias de barriga para cima, sendo que nos 10 primeiros dias com a cabeceira elevada, pode ser utilizada almofadas. Após 30 dias liberada para dormir de lado e 60 dias de bruços.

Plástica de abdome

  • Posição: manter o corpo encurvado por 20 dias, dormir durante 30 dias de barriga para cima, sendo que nos 15 primeiros dias com a cabeceira elevada, podem ser utilizadas almofadas .

Após 30 dias liberada para dormir de lado e após 60 dias de bruços.

Dermo de coxas

  • Repouso com pernas elevadas por 20 dias diariamente, após banho ficar com todas cicatrizes descobertas por 30 minutos e pernas abertas para melhor secagem da área. É permitido andar pela casa com o uso da cinta. Caminhadas são permitidas após 30 dias.

Em caso de prisão de ventre: minilax supositório.

Dermo de braços

  • Repouso com membros superiores por 30 dias, proibido elevar os braços por 20 dias, principalmente durante o sono.

Emergências: ir ao pronto socorro da santa casa.

O resultado da cirurgia só é observado após quatro meses da cirurgia.

Complicações:

  • trombose, hematoma, seroma, deiscência operatória (arrebentar pontos), cicatrizes inestéticas, inclusive queloides.

 

1 Response

  1. Adorei o artigo muito esclarecedor.

Deixe seu comentário

certificado-1

×

certificado-2

×

certificado-3

×

certificado-4

×

certificado-5

×

certificado-6

×

certificado-7

×

certificado-8

×

certificado-9

×

certificado-10

×

certificado-11

×

certificado-12

×

certificado-13

×

certificado-14

×

certificado-15

×

certificado-16

×

certificado-17

×

certificado-18

×

certificado-19

×

certificado-20

×

certificado-21

×

certificado-22

×

certificado-23

×

certificado-24

×

certificado-25

×

certificado-26

×

certificado-27

×

certificado-28

×